Pé Na Escola | Educação Política Criativa | Você sabe o que é uma Cidade Educadora?
21491
post-template-default,single,single-post,postid-21491,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-2.6,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Você sabe o que é uma Cidade Educadora?

Você sabe o que é uma Cidade Educadora?

Entenda mais no texto e se inspire para gerar mudanças no seu entorno.

 

Barcelona, em 1990, foi a origem de uma associação mundial (Associação Internacional de Cidades Educadoras – AICE) que entende a educação para muito além dos muros da escola. Em uma cidade educadora, a educação é vista como um processo permanente, que acontece o tempo todo e durante toda a vida. Então, como tornar nossas cidades mais vivas, justas e potencializar este aprendizado?

Existem hoje no mundo mais de 470 cidades, em 40 países, que aderiram a esta associação com o compromisso de se fortalecerem enquanto Cidades Educadoras. No Brasil, há 17 cidades na rede, como São Paulo, Santo André, Santos, Sorocaba, Porto Alegre e Belo Horizonte.

O desafio proposto é grande e envolve sociedade civil e governos, mas as vias se tornam mais claras quando cada cidadão se apropria do conceito e ajuda a torná-lo realidade. Destacamos a seguir três valores úteis nesta caminhada coletiva:

  1.    Integração

Uma cidade educadora é um projeto educativo comum entre parceiros que dialogam entre si e com o território. A escola, por exemplo, se integra com o cinema, o teatro, a praça do bairro…Um passo inicial para esta integração é o mapeamento: onde está a biblioteca comunitária, o posto de saúde, o complexo esportivo, um ponto de cultura, a associação de moradores do seu entorno?

  1.    Diversidade

As cidades são pontos de encontro de pessoas com diferentes idades, classes sociais, formações, etnias, ideias. Conviver em meios diversos nos impulsiona a crescer, a entender o outro, a exercitar a empatia e o respeito. A inteligência coletiva é potencializada em ambientes culturalmente diversos e é por meio deles que podemos desenhar cidades mais justas.

  1.    Criatividade

O que cada um de nós tem a oferecer ao mundo? As cidades podem ser espaços de auto-reconhecimento e autoestima, que favoreçam encontrar com a nossa arte, com o nosso papel na sociedade. Expressar-se e encontrar-se andam juntos aqui: para encontrar nossos caminhos, é preciso que sejamos protagonistas desta descoberta, expressando nossa essência , seja ela qual for.

 

# Dica: Rumo a uma educação com mais significado e por um mundo mais poético, em agosto desse ano, as cidades de São Paulo, Joinville, Porto Alegre e Ipatinga farão a Virada Educação, um encontro com um ou mais dias de celebração, repletos de atividades para ocupar os territórios criativamente. A Virada é uma boa oportunidade de vivenciar uma experência de cidade educadora. Confira mais detalhes no site: viradaeducacao.me

Sem comentários

Deixe um comentário